2.11.16

ARTISTA - MARGARET KEANE

O que me levou a falar sobre a história de Margaret Keane, cuja obra foi assinada e vendida pelo marido por 10 anos, foi uma cena específica do filme "Grandes Olhos" (dirigido por Tim Burton). Tal cena mostra ela conversando sobre seu relacionamento íntimo com uma amiga, e fala sobre o quanto era bom ele aceitá-la de volta, já que estava divorciada e tinha uma filha. Para mim, esta cena representa um símbolo da opressão ao gênero feminino. Quantas gerações de mulheres se submeteram a cumprir seu papel na sociedade como mãe, esposa, dona de casa. Parabéns para todas as mães e avós do passado por terem sobrevivido: a lição nos foi passada, agora não pretendemos mais seguir estes passos. 
No momento vivemos um Feminismo tão intenso, e confesso que tem horas que ainda me confundo, mas acredito ser normal, pois faz parte do processo nos fazer pensar. Não entenda que escolher casar e constituir uma família é errado para uma mulher, mas passar por cima de si mesma, para atender aos outros e principalmente a uma sociedade tão patriarcal é sim ofensivo para o gênero feminino. A auto anulação é absolutamente possível quando há alguém mais forte que nos domine e se for amparado pela sociedade, com certeza vai parecer normal.  Quando se ama e confia as escolhas parecem certas.







Site da Galeria de Margaret Keane