11.3.16

FILME - "O Sorriso de Monalisa"

Eu não considero um super filme, mas para questões femininas é até reflexível, como os apontamentos sobre arte. Dizem que seria a mesma proposta ao filme "Sociedade dos Poetas Mortos", não sei, mas tem realmente muitas coisas parecidas. A pressão em cima das mulheres dos anos 50 e que se estende até hoje, não se compara. A narrativa do filme é sobre uma professora moderna que se formou em uma escola liberal e tenta abrir a mente de  suas alunas de um  colégio tradicionalista. As ideias são de luta pela liberdade feminina de escolhas, como relação ao casamento, divórcio, formação acadêmica, posição social. O que me mata é ter como protagonista a atriz Julia Roberts, nada contra, também vi e revi milhares de vezes "Uma linda mulher", mas vamos combinar que o papel é forte, talvez alguém mais emblemática. 










O Filme?
O tema é bem feminista, mas não sei se poderia ter sido melhor aprofundado. O que vale é a intensão, e isso pelo menos é possível entender. Uma professora de História da Arte (ótimo veículo de expressão e liberdade) tenta impor ideias mais liberais dentro de um colégio que forma mulheres muito cultas, mas para serem donas de casa. 

Premiado?
Recebeu indicação ao Globo de Ouro, melhor canção original, não ganhou. 

Dica?
Não tem no Netflix (Mas tem "Uma linda mulher" hahaha), mas você pode alugar, e vez ou outra passa nos canais a cabo.


Trailer do filme "O Sorriso de Monalisa"